O Escândalo Italiano de 2011

Itália, 2011, ou seja, não confudam esse caso com o Calciopoli que eu já postei. O escândalo de 2006 envolvia a compra de árbitros por grandes clubes e resultou no rebaixamento e perda de dois títulos para a Juventus, enquanto Lazio, Milan, Reggina e Fiorentina perderam diversos pontos. Esse foi o segundo grande escândalo ligado ao futebol e apostas esportivas dentro da Itália, ocorrendo cinco anos depois. Polícia em pequenas, médias e grandes cidade por toda a Itália, incluindo Roma, Turim, Napoli, Bolonha, Ancona, Cremona e Ferrara e expediram mandatos de prisão para Giuseppe Signori (ex-companheiro de Paul Gascoigne na Lazio da década de 90) e outras quinze pessoas. Dentre os alvos estavam ex-jogadores e também jogadores que ainda atuavam na época pela Serie A, B e C, além de diretores de divisões inferiores, todos suspeitos de fazer parte de uma organização criminosa que “ajustava” resultados de partidas afim de obter lucros com apostas. Juízes em Cremona emitiram sete mandatos de prisão e nove ordens de detenção provisória, sendo uma dessas ordens emitidas para Signori.
No caso, Giuseppe Signori foi um dos atletas que fazia parte da seleção italiana que disputou a Copa do Mundo de 1994 e que perdeu a final para o Brasil em Pasadena. Signori era o foco da mídia na época porque ele era um jogador muito conhecido dentro da Itália, um jogador com grande reputação e que foi um dos maiores artilheiros do país por mais de uma década. Toda a investigação teve início por conta de um incidente ocorrido na partida entre Cremonese e Paganese pela terceira divisão, quando varios jogadores do Cremonese supostamente foram dopados (ingerindo sedativos) pelo goleiro do clube, que tinha laços com o esquema de apostas. No total mais de dezoito jogos ficaram sob investigação, inclusive partidas realizadas por Siena e Atalanta, clubes que foram promovidos da Serie B na temporada. Haviam apostas de mais de 150 mil euros por partida. Depois de meses e mais meses de investigações, julgamentos e apelações nos tribunais italianos, mais de 30 clubes das 4 divisões foram punidos com multas ou deduções de pontos, além de diversos jogadores e dirigintes terem sido demitidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s