ESTÁDIO INDEPENDÊNCIA

NOME OFICIAL: Estádio Raimundo Sampaio
APELIDO: Estádio Independência
DONO: América Futebol Clube
MANDANTES: América e Atlético Mineiro
INAUGURADO: 25/06/1950
CAPACIDADE: 23.000 pessoas
LOCALIZAÇÃO: Belo Horizonte, Minas Gerais 🇧🇷
GRAMADO: Grama natural
#estadioscdf
.
.
PARTE I
Ninguém conhece esse estádio por Raimundo Sampaio, mas sim como Estádio Independência. Localizado no bairro do Horto, em Belo Horizonte, foi construído entre 1947 e 1950 para receber partidas da Copa do Mundo de 1950. Em 2012, após diversas reformas de modernização, foi rebatizado como Arena Independência. Essas reformas aumentaram a segurança e o conforto, mas também reduziram a capacidade de 30 mil para 23 mil pessoas. O motivo do apelido “Independência”, se dá pois no passado o estádio pertenceu ao Sete de Setembro Futebol Clube, já o nome original é uma homenagem a um ex-presidente do Sete de Setembro. Apesar de ser frequentemente utilizado pelo Atlético-MG, atualmente ele é propriedade do América. Além de Independência, ele também é chamado de “Horto” e “Arapuca”. O Estádio recebeu uma serie de shows musicais entre 1997 e 2000, e também a partir da reforma de 2012. A inauguração ocorreu no dia 25/06/50, quando a Iugoslávia fez 3 a 0 na Suíça. Naquele mundial o estádio também recebeu Estados Unidos 1 a 0 na Inglaterra e Uruguai 8 a 0 na Bolívia. Inicialmente o estádio pertencia ao Governo do estado, mas depois que o Mineirão foi inaugurado em 1965, ele passou a ser propriedade do clube Sete de Setembro. Em 1997 o América incorporou o Sete de Setembro, que estava falido e endividado, fazendo com que o estádio fosse agora de sua propriedade. O recorde de público é de 32.721 espectadores, registrados na partida da Seleção Mineira contra a Seleção Guanabara (Carioca) em 27 de janeiro de 1963. Em 2008 o Governo fechou um convênio com o América, onde ficaria com a administração do estádio por 20 anos e em contrapartida realizaria uma enorme reforma no estádio. O custo inicial da reforma era de R$ 31 milhões, mas acabou sendo de quase R$ 100 milhões. Para a reforma o estádio foi totalmente demolido, com exceção dos vestiários. O Governo abriu licitação e hoje é a BWA quem o administra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s