MUDANÇAS IMPORTANTES NA LIBERTADORES 2019

É pessoal, teremos mais uma mudança importante para a próxima edição da Libertadores. Eu digo ”mais uma”, porque nos últimos anos o que não tem faltado são alterações no formato da competição mais importante do nosso continente. Dessa vez, assim como aconteceu com praticamente todos os campeonatos europeus, as mudanças estão relacionadas aos direitos de transmissões dos jogos. Isso mesmo galera, agora até a Libertadores vai sair da sua tradição de ter partidas transmitidas exclusivamente pela televisão e vai passar para as mídias sociais no formato ”streaming”.

É a tecnologia moldando mais uma vez nossos hábitos.

Nessa sexta-feira (5 de outubro de 2018), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) fez um anúncio divulgando uma parceria com o Facebook. Não só a principal mídia social do mundo vai transmitir jogos em sua plataforma a partir da próxima edição, como comprou direitos exclusivos de transmissão para alguns dias da semana. Como assim ”exclusivos”? Calma que vou explicar. De acordo com o que foi divulgado pela Confederação, o Facebook passa a ter direitos sobre a transmissão ao vivo de partidas nas edições que vão de 2019 até 2022, através do ”Facebook Watch”. As transmissões serão realizadas para os dez países membros da Conmebol ((Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela).

Os jogos ”exclusivos” da rede social serão apenas nas quinta-feiras, ou seja, o Brasil terá 27 jogos a partir de 2019, onde você só conseguirá assistir através da plataforma digital. A entidade ainda divulgou que eles também vão ter direito de transmitir um jogo adicional por semana, na terça ou na quarta, para os países de língua espanhola da Confederação (portanto Brasil não entra aqui).

Essa parceria entre a empresa norte-americana e Conmebol, também inclui outros benefícios para a rede social, além da transmissão em si, como resumos, destaques das partidas e uma série de conteúdos digitais feitos sob medida.  O diretor comercial da Conmebol, Juan Roa deu a seguinte declaração “Estamos muito felizes de trazer o Facebook, a rede social com maior alcance na América do Sul e no mundo, como um dos nossos parceiros para a transmissão da nossa prestigiada Conmebol Libertadores. A parceria com o Facebook é mais um passo em nosso esforço para levar o futebol a todos os recantos da América do Sul”.

A Conmebol, ainda aproveitou o momento para afirmar que vai em breve anunciar outras parcerias que está para fechar, em relação a transmissão da Libertadores na América do Sul para os próximos 4 anos.

Eu sinceramente não sei se isso vai dar certo e vai trazer os resultados que o Facebook e a Conmebol esperam, mas com certeza essa é mais uma mudança que evidencia a grande transformação que a principal competição do continente vem passando nos últimos anos. Depois de ser duramente criticada por abrir um número maior de vagas, prolongando a ”pré-libertadores” e também por fazer um confronto em jogo único na grande final, a Libertadores segue dando o que falar e gerando uma grande polêmica e divisão de opiniões pelos países sul-americanos. O fato é que esse é um anúncio histórico para a Conmebol, uma vez que pela primeira ocasião em toda sua história, os direitos de transmissão estão sendo comercializados por uma licitação profissional, aberta, de grande competitividade e estruturada de acordo com padrões internacionais.

Se a Conmebol se pronunciou através de seu diretor comercial, o mesmo fez o Facebook através de Dan Reed, vice-presidente global de esportes e parcerias de mídia da empresa de Mark: “Como principal torneio de futebol da América do Sul, a Conmebol Libertadores reúne comunidades apaixonadas de fãs de todo o continente. Estamos entusiasmados pelo Facebook Watch se tornar o novo lar para os jogos do torneio pelos próximos quatro anos e queremos levar essa experiência para a maior audiência possível, permitindo aos torcedores assistir facilmente a jogos ao vivo juntos. Estamos animados com a parceria com a Conmebol para reinventar a experiência de assistir futebol”.

Gostaria de saber a opinião de vocês sobre esse assunto, portanto se possível deixem comentários. Vocês acham que essa parceria e mudança, é favorável ou negativa para a principal competição do continente?

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s