DÉCIMA QUINTA MAIOR TRAGÉDIA DA HISTÓRIA Parte I

DÉCIMA QUINTA MAIOR TRAGÉDIA DA HISTÓRIA:
LOCAL: Bruxelas 🇧🇪
ESTÁDIO: Heysel Stadium
DATA: 29/05/1985
JOGO: Liverpool X Juventus
NÚMERO DE MORTOS: 39
NÚMERO DE FERIDOS: Estimado em 600
.
.
O dia 29 de maio de 1985 é um dos dias mais trágicos da história do futebol, pois foi nesse dia que a décima quinta pior tragédia do futebol ocorreu. A partida era válida pela final da Liga dos Campeões (na época Copa dos Campeões Europeus) e foi disputada entre Liverpool e Juventus na capital da Bélgica, Bruxelas. Até hoje, é considerada uma das mais importantes tragédias relacionadas a manifestação esportiva e ao contrário da grande maioria das outras tragédias que já abordei na série #tragediascdf ,essa aqui não é fruto de pânico em massa, debandada geral de pessoas, tumulto e pisoteamento, mas sim fruto do hooliganismo. Sim, quando falamos de ‘’Hooligans’’ e torcidas violentas, é essa tragédia que se tornou a referência. O ingrediente inicial para essa tragédia veio em 1984, durante a final da competição mais importante da Europa, realizada na capital italiana e que teve o Liverpool derrotando os donos da casa. Infelizmente os torcedores do Liverpool acabaram sendo atacados pela torcida adversária e uma grande rivalidade entre italianos e ingleses começou naquele dia, se arrastando até a final do ano seguinte entre Liverpool e Juventus. O estádio de Heysel, construído em 1930, era velho, com péssima infra-estrutura e estava caindo aos pedaços. Mesmo assim, a UEFA decidiu que a final seria lá e mais de 60 mil torcedores se amontoaram naquele dia para assistir a grande final. Uma hora antes da bola rolar, torcedores do Liverpool (existem muitas teorias sobre o motivo, mas nenhuma concreta) conseguiram passar pelas barreiras que separavam as torcidas e foram para cima dos torcedores da Juventus. Os italianos vendo os ingleses indo para cima deles só tinham uma opção: recuar. Foi o que fizeram, só que existia uma grande parede atrás deles e alguns torcedores que estavam apoiados nele foram completamente esmagados, alguns morrendo na hora. A torcida do Liverpool não parava de avançar e a pressão no muro foi aumentando a tal ponto, que ele simplesmente desabou. CONTINUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s