Áustria 1930-1936 Parte II

CONTINUAÇÃO. Entre abril de 31 e dezembro de 32, a Áustria ficou invicta por 14 partidas e conquistou a Copa Internacional da Europa Central de 31-32. Na principal competição do continente na época, o time de Meisl goleou a Suiça por 8 a 1 e venceu a Itália por 2 a 1. Na campanha do título europeu foram, 4 vitórias, 3 empates e uma derrota em 8 partidas. Naquela época a rivalidade entre Áustria e Itália ficou muito forte não só por terem os melhores times, mas também por disputas individuais entre alguns jogadores. Mas não foi só nesse torneio que o time austríaco mostrou seu potencial, tanto que até a Copa do Mundo de 1934 chegar venceram a Escócia por 5 a 0, se tornando a primeira seleção fora do Reino Unido a vencê-los. Além disso, também humilharam a Alemanha (vitórias por 5 a 0 e 6 a 0) e a Suiça (6 a 0). A vitória mais exaltada foi um 8 a 2 contra os húngaros e antes da Copa começar existia uma forte divisão sobre qual seleção era mais favorita ao título: a Itália ou a Áustria (apelidada pela imprensa como futebol maravilha, Wunderteam). Em 1932, dois anos antes do mundial ter início, a Inglaterra vendo o crescimento e a evolução desse timaço da Áustria, convidou eles para um amistoso no Stamford Bridge. E a Áustria aceitou o convite prontamente. Toda a imprensa inglesa, todos os torcedores e principalmente os jogadores do English Team tinham plena convicção que iriam golear os austríacos, mas aí a ficha caiu. O jogo terminou 4 a 3 para os ingleses, mas por muito pouco não perderam sua invencibilidade em casa, tanto que aquela havia sido a primeira vez que alguma seleção marcava 3 gols neles dentro da Inglaterra. Naquela partida Sindelar se consagrou como um dos maiores craques daquela época, ao marcar um gol bem parecido com o de Maradona na Copa de 1986, arrancando aplausos do público inglês. Até a Copa de 1934, a Áustria tinha jogado 31 partidas e só havia perdido em 3 ocasiões. O problema era que o mundial seria disputado na Itália fascista de Mussolini. A estréia foi com vitória em cima da França e o próximo adversário seria a rival Hungria. Na semifinal a Áustria teria pela frente a Itália. CONTINUA #esquadroesinvenciveis#áustria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s