River Plate 1941-1947 Parte III

CONTINUAÇÃO…. Foi em 1945 que o clube resolveu colocar Carlos Peucelle como técnico do time, já que ele indiretamente comandava tudo fora das quatro linhas (era um dirigente). Aí você junta esse grande treinador (que foi um excelente atacante), com um dos melhores jogadores que já existiram e seu time volta a ser um ESQUADRÃO INVENCÍVEL. Mas pera aí, de qual jogador você está se referindo? Estou falando de Di Stéfano galera, isso mesmo, o jogador que mais tarde se tornaria o maior ídolo da história do Real Madrid. Em 1945 o River foi campeão pela terceira vez em cinco temporadas, perdendo apenas quatro partidas em trinta disputadas, além de ter conquistado também a Copa Aldao com duas vitórias em cima do Peñarol. A partir de 1945 o time começou a perder seu encanto, principalmente porque em 1946 Pedernera acabou indo embora e com ele levou a essência do funcionamento, do que um dia havia sido a “La Máquina”. Di Stéfano que entrou em seu lugar era só um garoto e estava muito longe de seu potencial máximo, por isso ele não tinha condições ainda de fazer esse papel dentro do esquema tático que deu tantas glórias ao River. Em 1947 para fechar com chave de ouro a história deste grande esquadrão invencível, foram campeões nacionais pela quarta vez em sete temporadas. É verdade que nesse último título eles não tinham alguns de seus principais talentos (haviam ido embora), mas apesar disso fizeram nessa temporada, a melhor campanha dentre todos os títulos conquistados de 1941 a 1947: 22 vitórias em 30 jogos, só perdendo quatro vezes e com saldo de gol de +53. Também em 1947 conquistaram mais uma Copa Aldao, dessa vez para cima do Nacional-Uru em pleno estádio Centenário. Depois de um belo desmanche o esquadrão estava oficialmente desfeito e só voltaria com força máxima em 1952. Nunca mais os feitos desse time foi igualado na história do River, nem mesmo pelos que conquistaram a América em 1986 e 1996 e 2015. Esse é sem dúvida, um dos melhores times que já existiram na América do Sul e no Mundo. Na próxima e última parte, vamos conhecer um pouco mais sobre cada um dos personagens que fizeram parte dessa grande história do clube argentino. #esquadroesinvenciveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s