França 1982-1984 Parte II

CONTINUA… Na semifinal a França iria pegar a Alemanha e esse jogo iria entrar para a história por dois motivos: emoção e polêmica. Emoção porque o jogo foi para a prorrogação depois de 1 a 1 no tempo normal e a França abriu 3 a 1 na etapa extra de jogo. Polêmico, pois foi exatamente quando estava 3 a 1 que o goleiro Schumacher nocauteou, literalmente, o jogador francês Battiston em um lance lamentável. O choque foi tão grande que o jogador francês chegou a desmaiar e acabou com o maxilar quebrado. Até ai você espera que no mínimo o juíz marque falta e dê um cartão para Shumacher, mas sabe o que ele fez? Ele achou o lance normal (oi?????) e deu tiro de meta para a Alemanha. Os franceses, a torcida no estádio e o mundo inteiro, passaram a torcer para o lado azul a partir desse lance, todos estavam indignados. No final, a Alemanha conseguiu sabe lá como marcar mais 2 gols e levou a decisão do jogo para as cobranças de pênaltis. Para completar a bagunça, o próprio goleiro Shumacher que convenhamos nem deveria estar na disputa de penalidades, pegou 2 cobranças se adiantando e eliminou os franceses da Copa. Olha, o baque depois dessa “palhaçada” que aconteceu demorou para passar, mas 2 anos depois a França tinha a oportunidade dar a volta por cima diante de tudo que tinha acontecido. A Eurocopa de 1984 estava para começar. A base do time ainda era a mesma da Copa de 1982 e eles ainda tinham a vantagem de jogar a competição em casa, ou seja, eles já entravam na fase final da competição. A equipe tinha o famoso “carré magique”, com Fernandéz, Tigana, Giresse e Platini, que dava a qualidade e identidade necessárias ao meio de campo francês para brilhar. Nem preciso dizer que com esse time e depois do futebol apresentado na última Copa, o favoritismo era todo dos franceses.
O jogo da estréia era contra a Dinamarca e a França venceu por 1 a 0. Depois meteram 5 a 0 na Bélgica e por último venceram a Iugoslávia por 3 a 2 com todos os gols marcados pelo craque Platini. A semifinal foi contra Portugal, do artilheiro Rui Jordão. O jogo foi para a prorrogação e ficou dramático. Na próxima e última parte continuo a história CONTINUA.. #esquadroesinvenciveis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s