Manchester United 1965-1969 Parte III

CONTINUAÇÃO. O clube se recuperou rápido do baque na eliminação da Champions e tratou de vencer outra vez o campeonato inglês na temporada seguinte (1966-67). Era o bicampeonato daquele esquadrão formidável, que só perdeu 6 vezes em 42 partidas naquela edição do campeonato. Mais uma vez quem fez a diferença? O trio de ouro, ou seja, os três atacantes de sempre, Charlton-Law-Best. Em 1967-68, mais uma vez o foco era a tão cobiçada Champions e por essa razão, assim como aconteceu em 1965-66, o clube não levou o título nacional, mas ficou pelo menos na vice-liderança do torneio. Best inclusive foi o artilheiro do torneio com 28 gols, ao lado de Ron Davies do Southhampton. Na Champions o time foi novamente bem na primeira fase, passou pelo Sarajevo nas oitavas e pelo Górnik Zabrze da Polônia nas quartas. Mais uma semifinal de Liga dos Campeões e o adversário seria o sempre temido e perigoso Real Madrid. No jogo de ida 1 a 0 em Manchester e vantagem a favor dos ingleses. Na volta 3 a 3 em jogo muito movimentado e finalmente o Manchester alcançava a grande final da maior competição da Europa. O adversário? O Benfica de novo. Os portugueses tinham sido goleados por 5 a 1 em Lisboa e estavam sedentos por uma vingança. A final foi disputada em Wembley, ou seja, o Manchester ainda tinha a vantagem de jogar a final em seu país. O jogo começou com 90 mil pessoas no estádio e se de um lado o Manchester poderia ganhar o tão almejado título europeu em sua terra natal exatamente 10 anos após a tragédia, então o Benfica também poderia ser tricampeão europeu. O trio de ouro estava incompleto para aquela partida porque Law estava contundido. Charlton abriu o placar, mas o Benfica empatou e o jogo foi para a prorrogação. Aí sabe o que aconteceu pessoal? O United fez 3 gols em 10 minutos e mostrou que a Europa era deles. Que festa os ingleses fizeram naquele dia, bota festa nisso. O técnico Matt Busby, ganhou da Rainha Elizabeth II o título de “Sir” e agora eles queriam mais, queriam o título mundial. O adversário seria o nosso vizinho Estudiantes, que havia sido campeão da América. Na próxima e última parte vamos contar sobre esse jogo e sobre os personagens deste esquadrão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s