Brasil 1982 Parte III

CONTINUAÇÃO. O jogo foi o apogeu e despertar de Paolo Rossi, que estava em um jejum de gols. Em cinco minutos de jogo Rossi marcou seu gol e deu uma mensagem clara aos brasileiros: o jogo não seria tão fácil para o Brasil quanto todos pensavam. 7 minutos depois, empate do Brasil com golaço de Sócrates e alívio para os brasileiros. Alívio? Nada disso, treze minutos depois Rossi de novo colocou os italianos na frente do marcador. Detalhe, que nesse segundo gol de Rossi, Cerezo cometeu falha imperdoável ao dar um passe errado que culminou no gol. O jogo era duro e equilibrado demais, tanto que Falcão empatou o jogo em 2 a 2 no segundo tempo com um baita golaço. Mas, lembra ali no começo deste parte quando eu disse que esse jogo foi a melhor partida da história de Paolo Rossi? Pois é, aos 30 do segundo tempo o próprio marcou pela terceira e última vez naquele jogo. 3 a 2 Itália. Bem no final da partida, o Brasil ainda teve a chance de eliminar os italianos com o zagueiro Oscar, mas Dino Zoff (um tipo de Buffon da época) fez uma defesa monstruosa pegando a bola em cima da linha (segundo ele a melhor de toda sua carreira) e decretou de vez a eliminação do Brasil do mundial. Quando o juíz apitou, não dava para acreditar, simplismente não dava. O Brasil com sua melhor geração desde 1970, jogando um futebol eficiente, rápido e artístico, havia acabado de perder para uma Itália burocrática, lenta e sem brilho. Não preciso nem dizer, que os jogadores pareciam baratas tontas quando acabou o jogo e estavam incrédulos, assim como todo o Brasil. A nossa seleção mostrou um grande ponto fraco naquele jogo: se o ataque era extremamente eficiente e de grande qualidade, o sistema defensivo sofria demais. Além disso, Careca estava contudido e com certeza faria bastante diferença nesse jogo decisivo. Para terminar, a seleção de Telê não tinha um ponta direito nato, Sócrates e Zico se revezavam nas jogadas por aquele lado, além de Leandro, porém isso sempre deixava um “buraco” que não era tapado pelos defensores. Se todos esses problemas fossem sanados, não há dúvidas de que não teríamos sido eliminados. Na próxima e última parte vamos conhecer mais sobre os personagens desse timaço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s