Tottenham 1960 – 1963 Parte Final

CONTINUAÇÃO….Na Recopa, o clube londrino enfrentou o Rangers da Escócia e meteu logo um 5 a 2 jogando em casa, para depois também vencer fora por 3 a 2 e se classificar para as quartas de final. Depois, passaram pelo Bratislava da Tchecoslováquia por 6 a 2 no agregado final e garantiram vaga na final ao vencerem o OFK Beograd da Iugoslávia. A final era com o Atlético de Madrid, que havia sido campeão no ano anterior e seria disputada em jogo único na cidade de Roterdã, Holanda. Era difícil acreditar no placar quando o árbitro apitou o final do jogo, mas era aquilo mesmo, 5 a 1 para o ingleses e muita festa nas ruas de Londres, afinal nenhum clube tinha a taça que eles tinham. Depois dessa temporada, a idade começou a pesar no elenco e o Tottenham não conseguiu manter sua sequência de títulos domésticos e internacionais. Até hoje, este é o melhor esquadrão que o Tottenham já teve e portanto, nada mais justo que darmos uma rápida passada em alguns dos principais protagonistas desta história: .
.
Willian Brown – goleiro escocês que se destacou com incríveis defesas e acabou virando ídolo da torcida. Disputou mais de 200 partidas.
.
.
Jimmy Greaves – até hoje é o maior artilheiro e ídolo da história do clube (mais de 250 gols). Defendeu o clube de 1961 a 1970. .
.
Bill Nicholson – foi um técnico lendário para o Tottenham, virou referência no futebol inglês e construiu esse esquadrão, que até hoje é o melhor que o clube inglês já teve. .
.
Danny Blanchflower – O irlandês jogava no meio-campo e era o capitão do time. Jogava muito, era muito preciso nos passes e cobrava pênaltis como ninguém. Ele era o capitão da Irlanda do Norte quando chegaram nas quartas de final da Copa de 58.
.
.
Cliff Jones – jogava como ponteiro. O jogador do País de Gales está entre os 5 maiores artilheiros da história do Tottenham e foi um dos principais jogadores de sua seleção nacional na década de 50.
.
.
Peter Baker – 15 anos atuando pelo Tottenham. Um verdadeiro xerife, que marcava muito bem. Também é um grande ídolo do clube.
.
.
Maurice Norman – zagueiro inglês, convocado várias vezes para a seleção. Jogou mais de 11 anos e fez mais de 400 partidas pelos Spurs. .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s