A Batalha do Buffet de 2004 – Parte II

Nas temporadas anteriores, os dois clubes e os dois comandantes disputavam os títulos jogo a jogo, mas naquele ano o Chelsea comandado por Mourinho já despontava na liderança da Premier League. Juntos, os dois treinadores haviam vencido nove Premier Leagues seguidas. A rivalidade entre os dois treinadores era gigantesca nessa época e só bem mais tarde é que ambos começariam a se respeitar e até a criar uma certa amizade. Na sua autobiografia, Ferguson afirma que Wenger estava completamente fora de sí, que não conseguia aceitar a derrota de forma alguma e que aquele dia foi um divisor de águas na relação dos dois. Ainda segundo Ferguson, a ferida só foi curar na semi-final da Champions de 2009, quando após a partida Wenger o chamou para parabenizá-lo. Rooney afirmou que durante a semana que antecedeu a partida o Arsenal ficou dizendo o quão especial seria conseguir a partida de número 50 (na sequência de invencibilidade) dentro do Old Trafford e que isso foi um grande erro, algo que incendiou todos os jogadores do United. Neville chegou a dizer que a partida entre os dois times não era uma guerra naquela época, mas era o equivalente à uma luta de dois peso-pesados dentro do ringue, onde ninguém estava disposto a ceder um centímetro ao adversário. A partida foi repleta de incidentes, disputas físicas e lances polêmicos. Ambos os irmãos Neville foram amarelados por faltas duríssimas no ponta do Arsenal, Reyes, enquanto C.Ronaldo também era caçado em campo pelo lado do United. As coisas pioraram quando o árbitro Mike Riley não marcou faltas claras de Nistelrooy em Cole e Ferdinand em Ljungberg. Arsene Wenger foi à loucura e explodiu de raiva com os erros do árbitro na beira do gramado, principalmente quando viu a marcação de um pênalti controverso para o Manchester, quando faltava apenas 18 minutos para o fim da partida. Após a partida, Nistelrooy pegou um gancho de 3 jogos pela entrada violenta em Cole, enquanto Wenger foi multado em 15 mil libras por ofender publicamente o holandês. Além disso, ambos os representantes dos clubes tiveram que se reunir com membros da Federação Inglesa de Futebol, para que episódios como este não voltassem a ocorrer. #polemicascdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s